13 de março de 2014

Almoço com carne de jumento oferecido por promotor potiguar ganha a mídia nacional


carne thumb1
Um almoço com direito a picanha na brasa e filé ao molho madeira será servido a autoridades de Apodi (341 km de Natal) e região ao meio-dia desta quinta-feira (13). A diferença do cardápio é que não haverá carne de boi, mas de jumento.
A ideia de oferecer o almoço é do promotor Silvio Brito. Desde novembro, o representante do Ministério Público iniciou um trabalho com as polícias rodoviárias federal e estadual para recolher os jumentos que circulavam soltos pelas rodovias do Estado.
Abandonados por se tornarem obsoletos no sertão, normalmente substituídos por motos, os jumentos se tornaram um problema de trânsito no sertão nordestino, causando acidentes e mortes.
Em menos de seis meses, 600 jumentos já foram apreendidos e estão confinados em uma fazenda. O problema é que a manutenção deles, além de ter um custo, deve se tornar inviável em breve por falta de espaço. Até o fim do ano devem ser mais de 2.000 no local, a levar em conta o ritmo de cerca de 40 apreensões por semana.

Do UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário