13 de setembro de 2014

Henrique Alves abre vantagem e Wilma de Faria lidera pesquisa Consult em Natal

wilma henrique JH
Candidato do PMDB, Henrique Eduardo Alves seria o governador do Estado se a eleição fosse hoje. Pelo menos, foi isso que apontou a nova pesquisa da Consult/O Jornal de Hoje, divulgada neste sábado, com exclusividade por este vespertino. Tanto no levantamento estimulado, quanto no espontâneo, o peemedebista leva vantagem, assim como sua companheira de chapa, a ex-governadora Wilma de Faria, do PSB, candidata ao Senado Federal. Segundo o levantamento da Consult, feito somente em Natal, na pesquisa espontânea, Henrique Alves aparece com 22,1% das citações dos entrevistados, contra apenas 12% do principal adversário, o vice-governador Robinson Faria, do PSD. Robério Paulino, do PSOL, surge com 2,1%; Simone Dutra (PSTU), com 0,7% e Araken Farias (PSL), com 0,3%.
Dessa forma, é possível dizer que, depois de Henrique, o segundo colocado é o “nenhum dos candidatos”. Afinal, dos entrevistados no levantamento espontâneo, 19,1% disseram não votar em ninguém. Pouco mais de 43% responderam que ainda estão indecisos sobre a disputa para o Governo do RN. Na espontânea para o Senado Federal, Wilma de Faria também está a frente, chegando aos 23,2% das intenções de voto. A candidata do PT, Fátima Bezerra, ficou com 21,4%. Segundo a Consult, a Professora Ana Célia, do PSTU, teve 0,6%; o professor Lailson, do PSOL, e Roberto Ronconi, do PSL, tiveram 0,3%. Ainda de acordo com a Consult, 15,3% dos entrevistados disseram não votar em nenhum dos candidatos na pesquisa espontânea e os indecisos chegaram a 38,9% neste levantamento.
PRIMEIRO TURNO
No levantamento estimulado feito pela Consult, a vantagem de Henrique continua. Afinal, o peemedebista atingiu os 37% das intenções de voto, contra apenas 24% de Robinson Faria. Por isso, se a eleição fosse hoje, é possível dizer que Henrique venceria no primeiro turno, uma vez que a soma de todos os demais concorrentes não chegaria ao percentual do nome do PMDB.

Isso porque, segundo a Consult, Robério Paulino atingiu apenas 2,9%; Simone Dutra, 2%; e Araken Farias (PSL), só 0,8%. Dessa forma, todos juntos chegam a casa dos 30% e, Henrique, sozinho, já tem 37%. Na pesquisa estimulada, 20,3% disseram não votar em nenhum dos candidatos e 13% afirmaram ainda estarem indecisos – mostrando que o percentual diminuiu consideravelmente entre espontâneo e estimulada.
SENADO
No caso da disputa pelo Senado Federal, na pesquisa estimulada também é possível encontrar uma redução do número de indecisos para apenas 8,8%. Contudo, a “dianteira” não mudou: Wilma segue na frente, com 35,1% dos votos, contra apenas 34,1% de Fátima Bezerra. A professora Ana Celia atingiu 1,7%; Roberto Ronconi (PSL), 1,6%; e Professor Lailson, 1,4%. Os que disseram não votar em nenhum dos candidatos atingiu a marca de 17,1%.

NÚMEROS

Segundo a Consult, o levantamento foi feito entre os dias 5 e 8 de setembro e ouviu 1000 eleitores, das quatro regiões de Natal. Os resultados do levantamento estão sujeitos a um erro máximo permissível de 3.0%, com confiabilidade de 95%, o que significa que, se realizado 100 vezes, em 95 vezes os resultados obtidos estarão dentro dessa margem. A pesquisa foi registrada sobre os protocolos BR nº 00625/2014 e RN nº 00022/2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário