8 de outubro de 2014

Abstenção é a mais alta desde 1998


TRE-BA-urna-eleicoes-2012Os protestos de junho de 2013 fizeram os congressistas temer pelas suas cadeiras. As manifestações representavam um enorme descontentamento político e, no ano anterior à eleição, poderiam ter servido de munição para um debate mais amplo e, talvez, para uma mudança social. Esses gritos das ruas, porém, acabaram não chegando às urnas neste domingo. Mas o silêncio de milhões de eleitores confirma uma tendência crescente de abstenção que vem se repetindo em diversos países.
As motivações dos que ficaram em casa ou anularam seu voto nesta eleição compartilham dois elementos comuns: desmotivação e falta de alternativa. Assim, esse protagonista silencioso conquistou um lugar destacado nestas eleições. O número de abstenções (27,6 milhões), os votos brancos (4,4 milhões) e os votos nulos (6,6 milhões) somaram neste pleito 29,03%. Isto significa que quase três em cada dez eleitores não escolheram candidato. O número é maior que os 34,8 milhões de votos conseguidos por Aécio Neves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário