10 de março de 2015

Pronunciamento na TV trouxe crise de volta para o colo da presidente

Dilma pronunciamento
A opinião é de Bernardo Mello Franco, na Folha de São Paulo… Concordando-se ou não com os manifestantes, Dilma Rousseff deu motivo para as vaias, o buzinaço e as paneladas de domingo. A presidente mentiu na campanha, nomeou um ministério que envergonhou seus próprios eleitores e sumiu na hora das más notícias. Reapareceu com um pronunciamento fraco e palavroso, sem qualquer autocrítica sobre os erros do governo.
Em longos 15 minutos, Dilma repetiu a ladainha da “crise internacional”, recurso batido para se eximir de culpa pelos problemas. Abusou dos eufemismos ao chamar cortes duros de “correções e ajustes”. E avisou que vai “dividir o esforço” com a sociedade, sem ter feito sua parte para reduzir o gasto público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário