7 de maio de 2015

Assassino de universitário caicoense pensou em suicídio e pintou o cabelo para se disfarçar

Em depoimento ao titular da Delegacia de Homicídios do RN, Fábio Rogério, o acusado de matar o universitário caicoense Máximo Medeiros de Araújo, Jean de Araújo Rocha, disse em depoimento estar arrependido e pensou em cometer suicídio. E ele chegou a escrever uma carta para ser deixada, caso cometesse o ato extremo.
suspeitos_maximo
Ainda segundo Fábio Rogério, Jean pintou o cabelo para se disfarçar após o crime. Segundo a imagem acima, ele usa cabelo escuro nas redes sociais. O acusado também confessou que “apagou” Máximo ainda no motel para onde eles foram, na madrugada do dia 1º de maio, e saiu ele mesmo dirigindo o carro da vítima. Um desentendimento entre Jean e o universitário motivou o crime.
Robson Pires

Nenhum comentário:

Postar um comentário