18 de maio de 2015

Currais Novos registrou caso de calazar em humano

calazar
Segundo a imprensa de Currais Novos, o município registrou o primeiro caso de calazar humano nesse ano. A vítima é um homem de 37 anos, residente no conjunto Imaculada Conceição. A leishmaniose visceral, ou calazar, é uma doença transmitida pelo mosquito-palha ou birigui (Lutzomyia longipalpis) que, ao picar, introduz na circulação do hospedeiro o protozoário Leishmania chagasi.
Embora alguns canídeos (raposas, cães), roedores, edentados (tamanduás, preguiças) e equídeos possam ser reservatório do protozoário e fonte de infecção para os vetores, nos centros urbanos a transmissão se torna potencialmente perigosa por causa do grande número de cachorros, que adquirem a infecção e desenvolvem um quadro clínico semelhante ao do homem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário