27 de outubro de 2015

Mossoró é umas das 30 cidades do país que mais investem em saúde e educação

mossoro_dental
Os investimentos promovidos pela atual gestão municipal em áreas prioritárias, como saúde e educação, colocam Mossoró entre os 30 melhores municípios de grande porte do Brasil. A constatação é do levantamento realizado pela consultoria Austin Rating, principal empresa de classificação de risco no Brasil.
De acordo com a pesquisa, publicada na revista de circulação nacional IstoÉ, Mossoró ocupa a 28ª posição entre os municípios de grande porte no indicador Fiscal, quando analisada a aplicação de recursos em saúde e educação. O ranking foi elaborado a partir dos relatórios enviados pelos municípios à Secretaria do Tesouro Nacional (STN), órgão responsável por receber as informações e fiscalizá-las.
Em 2014, a Prefeitura de Mossoró investiu 31,98% do seu orçamento em saúde e 34,51% em educação, bem acima do que determina a Constituição Federal, que estabelece como investimento mínimo para os setores, respectivamente, 15% e 25%. Esse alto investimento vem permitindo melhorias como a reestruturação das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), modernização do atendimento à saúde mental e readequação de Unidades Básicas de Saúde (UBSs).
A ampliação dos investimentos possibilita ainda a oferta de novos serviços à população nas UPAs, como plantão odontológico e ortopédico e a abertura, em 2014, da Unidade de Pronto Atendimento do bairro Belo Horizonte. A Prefeitura também inaugurou o Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Droga (CAPS AD 24h), o Consultório de Rua e entregou aos mossoroenses um novo laboratório no Centro Clínico Professor Vingt-un Rosado, bem como Unidades Móveis de Saúde e aderiu ainda ao programa Mais Médicos, entre outros benefícios.
“Investir em saúde é promover a melhora contínua na qualidade de vida da população. Quando assumimos a administração, definimos essa área como prioridade e os reflexos dessa atenção especial direcionada para o setor já estão sendo constatados pela população e reconhecidos em nível nacional, o que é gratificante para qualquer gestor”, afirma o prefeito Francisco José Júnior.
Na educação, os resultados também são exitosos. Com uma rede municipal composta por cerca de 20 mil alunos, a Prefeitura de Mossoró tem alcançado excelentes indicadores que avaliam a qualidade do ensino oferecido. O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), por exemplo, coloca Mossoró em posição de destaque em nível nacional.
Na atual gestão, mais de 250 professores foram convocados, através de concurso público, para atuarem nas Unidades de Educação Infantil e escolas da cidade. Recursos também foram destinados para aquisição de tecnologia educacional, como as mesinhas digitais e equipamentos disponibilizados para aulas de robótica. A significativa aplicação de recursos em educação também permite a reforma em escolas e construção de quadras de esporte, além da valorização dos servidores.
“Os investimentos em educação reforçam o nosso compromisso não somente com o presente, mas também com o futuro dos mossoroenses. Pela primeira vez, uma gestão municipal cumpriu com o que determina a Lei Niná Rebouças, ou seja, repassar, no mínimo, 30% do orçamento para a educação. Nós fomos além e ultrapassamos 34% em 2014, permitindo assim que uma série de melhorias fosse implantada em nossa rede municipal”, conclui Francisco José Júnior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário