9 de novembro de 2015

Pesquisa mostra que 66% das vítimas das mulheres assassinadas são negras


mulher-negraNo momento em que diversas mulheres saem em defesa dos próprios direitos, seja nas ruas, seja nas redes sociais, um estudo revela que o Brasil é o quinto lugar no número de feminicídios em um ranking com 83 países. De acordo com o Mapa da Violência 2015, elaborado pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), entre 1980 e 2013, o número de homicídios de mulheres aumentou 252%, passando de 1.353 assassinatos para 4.762 casos.
As mortes têm cor e local. Mais de 55% dos crimes ocorrem dentro de casa e 66,7% deles são contra negras. Segundo a pesquisa, as mulheres negras são as mais vulneráveis: entre elas, a vitimização cresceu 54,2% de 2003 a 2013, enquanto o homicídio de mulheres brancas caiu 9,8%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário