9 de dezembro de 2015

Inflação acelera e, em 12 meses, passa de 10% pela primeira no governo de Dilma

cesta
A inflação em novembro ficou em 1,01%, o que representa aceleração em relação a outubro, quando havia sido de 0,82%. É a maior para o mês desde 2002, quando a alta de preços foi de 3,02%.
Em 12 meses, a inflação atingiu 10,48%, a maior desde novembro de 2003. Naquele ano, ela foi de 11,02% e, desde então, nunca havia passado de 10%.
O valor está acima do limite máximo da meta do governo; o objetivo é manter a alta dos preços em 4,5% ao ano, mas com tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo, ou seja, podendo oscilar de 2,5% a 6,5%.
Em 2015, no acumulado de janeiro a novembro, a alta de preços chega a 9,62%. Para o período, é o maior valor acumulado desde 2002 (10,22%).
Os dados do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) foram divulgados nesta quarta-feira (9) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).
Robson Pires

Nenhum comentário:

Postar um comentário