13 de março de 2016

Manifestantes se concentram na Esplanada dos Ministérios e em Copacabana

Foto: Thalita Moema
Foto: Thalita Moema
Cerca de 2 mil policiais do Distrito Federal garantem a segurança da população que participa da manifestação em apoio ao combate à corrupção e a favor o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, em Brasília. De acordo com Breno Saradelo, coordenador regional do Movimento Brasil Livre, a manifestação é um apelo “contra a corrupção institucionalizada, independentemente do governo e do partido”.
As pessoas começaram a se concentrar perto do Museu da República ainda às 9h. Agora, centenas de pessoas estão espalhadas por tda a Esplanada dos Ministério, passando pela Catedral de Brasília. Segundo o capitão da PM, Michelo Bueno, a expectativa é que 110 mil pessoas participem do evento. O evento na capital federal deve se estender até as 13h. O começo estava marcado para as 10h.
Foto: Thalita Moema
Foto: Thalita Moema
Em nota, o presidente do PT no Distrito Federal, Roberto Policarpo, informou que decidiu cancelar o ato que realizaria hoje (13) na Torre de TV, local próximo ao movimento contrário. “O ato estava mantido até o início da noite de ontem [sexta, dia 11], quando eu e o deputado Chico Vigilante estivemos reunidos com o comandante da Polícia Militar, que nos informou da decisão do governo do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, de determinar à polícia que impedisse o acesso dos manifestantes mobilizados pelo PT até a Torre de TV”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário