13 de março de 2016

Presos fugiram usando o mesmo túnel escavado para a fuga na quinta

buraco
G1/RN Policiais da Força Nacional, a própria direção e agentes da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, o maior presídio do Rio Grande do Norte, entraram numa região de mata fechada que segue em direção às praias do litoral Sul do estado em busca de detentos que foram vistos escapando da unidade na madrugada deste domingo (13).
A quantidade de fugitivos, no entanto, ainda não foi confirmada. Segundo a Coordenadoria de Administração Penitenciária (Coape), será preciso fazer uma recontagem dos apenados para saber, de fato, quantos presos fugiram desta vez. Na noite da quinta-feira (10), seis internos escaparam por um túnel escavado a partir do pavilhão 4, o mesmo que teria sido reabeto e utilizado para a fuga deste domingo.
“Infelizmente as informações que temos é que os presos fugiram pelo mesmo túnel. Ivo Freire (diretor de Alcaçuz) está fazendo buscas na mata, em direção às praias. Não estaria fazendo isso se não tivesse havido fuga, lógico. Agora, o procedimento é o de sempre: entrar, contar e informar quantos foram”, disse Durval Franco, diretor da Coape.

Nenhum comentário:

Postar um comentário