10 de maio de 2016

Igreja suspende cumprimentos entre fieis durante missa por medo da H1N1

hostiaNão basta apenas ter fé — é preciso também cuidar da saúde. Em tempos de gripes perigosas e, em alguns casos, mortíferas, como a transmitida pelo vírus H1N1, todo cuidado é pouco até mesmo na hora de rezar nas igrejas.
Ciente da situação e “em defesa da vida”, a Arquidiocese de Belo Horizonte orienta o clero a tomar uma série de precauções neste momento chamado de “circunstância pastoral”.
Entre as recomendações, estão a substituição da tradicional saudação da paz, feita entre a oração do Pai Nosso e a comunhão, por um momento de silêncio, e o recebimento da hóstia (eucaristia) nas mãos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário