12 de maio de 2016

Por 55 votos a 22, Dilma é afastada da presidência


Dilma-mão-na-cabeça1 
A decisão, tomada por 55 votos a 22, na manhã desta quinta-feira (12) pelo senado, confirmou o que dias antes já era tido como fato consumado: o afastamento de Dilma Rousseff, primeira mulher eleita presidente do Brasil, e a interrupção do ciclo de 13 anos e meio do PT no poder.
Hoje mesmo, Dilma será notificada e terá de abandonar suas funções. Ato contínuo, assume a Presidência da República o vice-presidente Michel Temer. Ele ficará no cargo inicialmente até 180 dias — prazo máximo para o Senado processar e julgar a presidente. Se ao fim do processo o impeachment for consumado, Temer assumirá a cadeira definitivamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário