9 de agosto de 2016

Subsídio de prefeito em Bodó será de R$ 14 mil nos próximos quatro anos


Com base no Indice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) calculado pelo IBGE, o prefeito de Bodó, Francisco Souza, sancionou lei que fixa em R$ 14 mil o subsidio do prefeito local para o quadriênio de 2017 a 2020. O reajuste do subsídio do Chefe do Executivo é de 29,25%, considerando o período de janeiro de 2013 a abril de 2016, pois a legislação manda que a fixação do subsídio deve ocorrer antes do início de cada legislatura. O subsídio do vice-prefeito para os próximos quatro anos será de R$ 7 mil e os de secretários municipais R$ 3,2 mil.  
Valdir Julião

Nenhum comentário:

Postar um comentário