31 de outubro de 2016

Veneno de uma das cobras mais mortais pode servir de analgésico

A Calliophis bivirgata, conhecida como cobra coral azul, é uma das serpentes mais mortais do mundo. Ela possui um veneno único, que envia um choque intenso ao sistema da vítima, provocando espasmos em todo o corpo por disparar todos os nervos de uma vez. A descoberta do modo de ação da toxina foi descrita pelo pesquisador Bryan Fry, da Universidade de Queenland, na Austrália. Dependendo da quantidade, o veneno pode matar um ser humano, mas, ironicamente, talvez possa ser usado como um poderoso analgésico.

Esse estilo de veneno, único entre as serpentes, é resultado de uma adaptação evolutiva. A coral azul, que habita alguns países do sudeste asiático, é descrita por Fry como a “matadora das matadoras”. Sua dieta preferida inclui outras cobras venenosas, então toda caça é um jogo de vida ou morte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário