1 de fevereiro de 2017

Itep é acionado e recolhe mais uma cabeça na Penitenciária de Alcaçuz

G1 RN
Ao todo, até o momento, Itep já recolheu corpos de 26 presos em Alcaçuz (Foto: Divulgação/PM) 
Ao todo, até o momento, Itep já identificou 22 dos 26 mortos em Alcaçuz (Foto: Divulgação/PM)
O Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) recolheu mais uma cabeça na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, nesta terça-feira (31). De acordo com o Itep, isso não significa o aumento do número de mortos na rebelião - 26 até o momento - porque alguns corpos foram liberados para as famílias sem as cabeças.
No dia 23 de janeiro os peritos já haviam recolhido outra cabeça no local. E no dia 21 foram recolhidos duas cabeças e outras três partes de corpos.
Até esta terça (31) o Itep já havia identificado 22 dos 26 mortos. Os presos cujos corpos foram identificados são:
Jefferson Pedroza Cardozo
George Santos de Lima Júnior
Willian Anden Santos de Souza
Antônio Barbosa do Nascimento Neto
Carlos Clayton Paixão da Silva
Jonas Victor de Barros Nascimento
Marcos Aurélio Costa do Nascimento
Anderson Barbalho da Silva
Cícero Israel de Santana
Marlon Pietro da Silva Nascimento
Eduardo dos Reis
Jefferson Souza dos Santos
Felipe Rene Silva de Oliveira
Charmon Chagas da Silva
Diego Felipe Pereira da Silva
Anderson Mateus Félix dos Santos
Luiz Carlos da Costa
Tarcísio Bernardino da Silva
Francisco Adriano Morais dos Santos
Lenilson de Oliveira Melo Silva
Diego Melo de Ferreira
França Pereira do Nascimento.
Rebelião
Desde o dia 14 de janeiro, quando teve início a série de rebeliões em Alcaçuz, resultando na morte de pelo menos 26 detentos, os presos passaram a ter livre acesso entre os pavilhões e a outros setores da penitenciária.
De acordo com a declaração assinada pelo diretor Ivo Freire, "já não há limites entre os pavilhões ou outro setor dessa penitenciária, não tendo qualquer controle ou restrição de acesso dos apenados, pois não há grades ou barreiras que separem uns dos outros internos custodiados".
19/01 - Presos são vistos durante um confronto de facções na penitenciária de Alcaçuz, perto de Natal, no Rio Grande do Norte (Foto: Josemar Gonçalves/Reuters)Rebelião deixou 26 mortos em Alcaçuz (Foto: Josemar Gonçalves/Reuters)

Nenhum comentário:

Postar um comentário