14 de fevereiro de 2017

NEPOTISMO: MP recomenda exoneração de familires do prefeito e vice de Macau em 30 dias

Em Macau, o Ministério Público do RN (MPRN), abriu inquérito civil público e publicou recomendação, no sentido de que o prefeito Túlio Lemos (PSD) exonere familiares que passaram a fazer parte do seu secretariado. Segundo a Promotoria, estaria configurado o nepotismo (favorecimento da parentela no serviço público).

Na prefeitura macauense, tem um elenco de parentes do prefeito Túlio Lemos:
- João Bosco Afonso, tio do prefeito, chefe do Gabinete Civil;
- Jonas Vinícius Bezerra Lemos, irmão do prefeito, titular da Tributação;
- Andreia Christiane Vasques da Câmara Lemos, mulher do prefeito, secretária do Trabalho, Habitação e Desenvolvimento Social;
O vice-prefeito Rodrigo Aladim (PSDB) tem ainda sua mulher, Jemima Marinho Vieira Diniz, como secretária do Turismo.

Em várias prefeituras pelo Brasil a prática virou corriqueira. São cidades onde o Ministério Público faz vista grossa ou só age quando é provocado por vereadores de oposição ou populares, revoltados com o beneficiamento de parentes, com altos salários e o tratamento da prefeitura como se fosse uma propriedade privada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário