8 de março de 2017

Prefeitura de Bodó é uma mina de ouro

– Na crise econômica mais violenta que já atingiu o Brasil, o prefeito de Bodó, Marcelo Porto Filho, transformou-se no “Midas” da região Seridó, pois nos cofres da Prefeitura Municipal a questão financeira não é problema e vem esbanjando os recursos públicos ao “bel prazer”.
midas
– De uma só tacada Marcelo Porto, firmou  sete contratos, conforme publicação no Diário Oficial da FEMURN, globalizando um total de R$ 1.933.967,00, na locação de veículos, publicidade, reparação mecânica, material de limpeza, próteses dentárias, material de expediente e gêneros alimentícios.
– Com a SEC Publicidade Ltda, a prefeitura de Bodó vai torrar R$ 94.200,00, em serviços de publicaçõe4s de atos administrativos.  Na maioria dos municípios potiguares esse valor é sempre estimado em média em R$ 8.000,00.
– Através de pregão presencial a empresa TAC Transporte e Aluguel de Carros Ltda, foi firmado um contrato no valor de R$ 517.200,00, sem especificar os tipos de veículos alocados.
– Para o fornecimento de material de limpeza, foi vencedora a empresa Comercial de Alimentos – CNPJ nº 11.431.471/000170, favorecida com R$ 324.200,00.
– Visando fazer a reparação mecânica da frota municipal, a prefeitura de Bodó, vai pagar a firma TROK Lub Comercio e Serviço Ltda, a importância de R$ 232.988,00.
– Para o fornecimento de próteses dentárias, foi contratada a empresa T. de S.C. Carvalho – CNPJ nº 14.465.585/0001-20, o prefeito Marcelo Porto Filho vai aliviar os cofres do erário público em R$ 194.400,00.  Ninguém vai ficar mais banguelo em Bodó.
– A empresa Comercial J.A. Ltda, foi agraciada com a quantia de R$ 196.780,00, na compra de material de expediente par a administração municipal.
– Na aquisição de gêneros alimentícios para a prefeitura, o executivo municipal de Bodó, firmou contrato da ordem de R$ 374.199,00, com a firma Jose Gualberto Alves de Andrade Ltda.
Via: Robson Pires

Nenhum comentário:

Postar um comentário